quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Decoração Natalina é atração na cidade de Aquidabã

Na cidade de Aquidabã, distante a 90 km de Aracajú, o cenário já é totalmente em clima de natal. Na entrada da cidade, nas avenidas e principalmente no centro da cidade, a população aprecia as decorações luminosas e artísticas e aproveitam para tirar fotos junto com a família e amigos.

A estudante Manuela dos Santos de 19 anos, acredita que as decorações são indispensáveis para que a cidade fique ainda mais linda, atraindo pessoas de todas as idades. “Acho muito importante que a prefeitura de nosso município, tenha se preocupado em manter a tradição, e dessa vez não foi diferente, acho eu que esse ano superou todas as expectativas”. Finaliza Manuela

A dona de Casa Fátima Aragão, relata que essa iniciativa ajuda bastante os comerciantes, já que vários vendedores próximos a Praça Rubens Oliveira, tem faturado bastante na venda de alimentos durante o período noturno, hora que várias pessoas visitam o local. “Tenho certeza que em época de final de ano, os nossos comerciantes já faturam bastante, e com essa decoração o faturamento é ainda maior”. Finalizou
Veja as fotos

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Sonho Meu

Muitos não sabem da importância de poder participar efetivamente da nossa politica, fiscalizar os vereadores e a própria administração, exigir mais espaço para a participação popular dando mais visibilidade para os órgãos de controle social (os conselhos), onde alguns têm enfrentado maus bocados para não serem usurpados pelos interesses dos poderosos, e outros já corrompidos, atrapalham o desenvolvimento social de nossa comunidade, diminuindo tragicamente as chances de um futuro melhor de uma sociedade amordaçada pelo oportunismo e medo.

Prefeitura de Aquidabã não envia ATA de audiência pública e LOA poderá não ir á plenário

Segundo orientações do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, fundamentada na Lei de Responsabilidade Fiscal, Lei complementar nº 101/2000, é necessária a realização de audiência pública para elaboração e discussão da LOA (Lei orçamentaria anua) e PPA (Plano Plurianual).

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Juventude de Aquidabã organiza caminhada em busca de Paz

Devido as constantes mortes de jovens em decorrência de acidentes e suicídios, a juventude do município de Aquidabã, distante à 90 km da capital sergipana Aracaju, organiza para essa sexta-feira 15, passeata pelas ruas e avenidas da cidade, pedindo paz e a proteção de Deus.

A ideia partiu após duas mortes de jovens na ultima semana que chocou a população, inclusive uma por enforcamento.

A jovem Ariely Oliveira de 20 anos, enfatiza que não será apenas uma passeata, mais sim um momento de oração, conscientizando que o amor de Deus é maior que tudo. “Estamos com uma união entre católicos e evangélicos, todos juntos lutando em uma só meta, já que a maioria dos jovens, não tem oportunidade alguma de conhecer o amor de Deus e a sua misericórdia. É um passo muito importante para que nossa juventude perceba que a curtição, bebedeira e suicídio, não é solução para amenizar os problemas” finaliza Ariely.

Mylena Rocha, estudante de história da UFS (Universidade federal de Sergipe), acredita que as autoridades de Aquidabã não estão percebendo que os jovens estão pedindo socorro. “Mais um suicídio causado, com certeza, pelo ócio, pela falta de oportunidade, pela falta de objetivo, de incentivo, de noção, de horizontes. Além da falta de fé, principalmente. É bem verdade que os jovens são o futuro da nação. O presente?! NUNCA! Jovem em Aquidabã só tem valor durante as eleições, depois, são só números, vivos ou mortos.” Finaliza Mylena

Segundo organizadores, está prevista a presença de muitas pessoas de diferentes religiões em busca de um só objetivo, contando também com palestras de alguns pastores evangélicos e padres.
A concentração será na Praça Rubens Oliveira, defronte ao Colégio Estadual “Francisco Figueiredo” a parti das 15:00hr. 

Por Gênison Bhalbyno

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Homem encontrado esquartejado em Aquidabã é reconhecido pela policia

Homem encontrado esquartejado dentro de um saco plástico na última segunda-feira, dia 19, no conjunto habitacional Eurico de Souza Filho rua A na cidade de Aquidabã, foi identificado pela polícia com a ajuda da comunidade que o reconheceram no IML devido a pulseiras que estava em um dos braços e principalmente por uma das orelhas ser defeituosa no qual rendia a Wellington o apelido de “Ureinha”

Wellington da Silva de 31 anos era solteiro, residia no povoado pau-alto na cidade de Muribeca há 22km de Aquidabã onde foi encontrado por populares. Informações  do delegado Antonio Wellington que investiga o caso, a vítima encontrava-se desaparecido desde o dia 12 de agosto. “Em uma vistoria na casa da vítima, observamos que estava totalmente revirada, dando a perceber que alguém procurava alguma coisa, mas estamos apurando os fatos” disse o delegado, acrescentando que esse caso ainda não está resolvido.

Moradores do povoado onde vivia a vítima, afirma que Wellington era muito trabalhador e muito amigo, e que nunca se envolveu com brigas e discussões na comunidade. “Foi uma barbaridade o que fizeram com o nosso amigo” “Ureinha”, quando soubemos do acontecido ficamos aterrorizados” disse Marquinhos.

A policia Civil estará ouvindo os envolvidos no caso na próxima semana, e o portal estará acompanhando de perto e buscando detalhadamente todas as informações.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Homem é encontrado esquartejado em um saco em Aquidabã



O corpo de um homem ainda não indentificado, foi encontrado esquartejado dentro de um saco no conjunto habitacional Eurico de Souza Filho rua A em Aquidabã. O morador Ronaldo de Barros Silva relata que aproximadamente 6h da manhã acordou e abriu uma das portas laterais de sua casa como de costume e observou que no acostamento de uma estrada que passa ao lado de sua residência havia algo de estranho dentro de um saco, “ Ontem a noite voltei da igreja por volta das 21:00h e não havia nada no local e me deitei para dormi, mas depois que acordei hoje de manhã e abrir minhas portas e percebi algo de estranho dentro do saco e fui averiguar, chegando no local vir que era um corpo de uma pessoa” disse o morador.

Informações do cabo Bezerra e do sargento Alessandro da Polícia Militar, três homens em um veículo VW Gol chegaram, despejaram um saco plástico e aplicaram vários golpes de facão. Dentro do saco havia o corpo de um homem que não teve sua identidade confirmada.

Segundo alguns moradores, por volta de 01:00h da madrugada de hoje, ouviu o barulho de um carro que passou pelo local, parou e saiu rapidamente. A policia ainda não tem pistas e descomfia que a pessoa assassinada seja um jovem desparecido desde domingo (18), no conjunto Marcos Freire II, em Nossa Senhora do Socorro . A IML já foi acionada mais até o horário da publicação dessa matéria não chegou ao local.

A qualquer momento trarei mais informações.

sábado, 17 de agosto de 2013

Liderança na política

Qualquer pessoa pode ser líder, representante, mais poucos usam esses atributos humildemente a favor da coletividade. Enquanto houver pessoas com interesses individualistas ou particulares, nunca haverá uma política sadia. Precisamos de pessoas que conheçam o real motivo das críticas para a política brasileira e defasada, corrupta e sem escrúpulos, onde pessoas mal intencionadas são as únicas beneficiadas por um povo sem conhecimento e coragem.

O maior desafio no desenvolvimento de lideres está em, antes de tudo, encontrar e reacender o "lado do bem" existente em cada um, reforçando suas crenças nos mais valiosos princípios e valores, para que estas se transformem em ações no seu dia-a-dia. Liderar é uma escolha pessoal, não uma decisão organizacional!

“Os verdadeiros líderes, os verdadeiros militares, os verdadeiros justiceiros, e todos aqueles que lutam pela justiça e pela verdade. Jamais tocarão as rosas ou sentiram seus perfumes. Apenas sentirão á dor dos espinhos, os cortes profundos, as marcas da rejeição e de toda dor unificada.” (Bruno Justiça)

Em política é preciso curar os males e nunca vingalos. Só há duas maneiras de fazer política. Ou se vive para a política ou se vive da política. Nessa oposição não há nada de exclusivo. Muito ao contrário, em geral se fazem uma e outra coisa ao mesmo tempo, tanto idealmente quanto na prática.

O perigo dos bajuladores de plantão e a necessidade de dar ouvidos aos críticos

O bajulador, é aquele que adula com fim interesseiro.

Convivemos em Aquidabã com alguns dirigentes políticos e diante dessa convivência somos tentado a analisar o comportamento destes e a cada dia somos surpreendidos com novas façanhas, que custa a acreditar ou até imaginar ser verdade que um ser considerado racional, que se diz ou se acha um ser pensante, tem a coragem e ousadia de colocar seu nome para avaliação da sociedade para representá-la ou mesmo administrar o bem público, é capaz de cometer tantas aberrações e iniquidades. Sem esquecer as traições, em nome do Poder, sem a mínima desfaçatez e vergonha na cara.

É de abismar como os nossos políticos em sua grande maioria aparentam serem ingênuos, ou pelo menos conseguem interpretar o papel de idiota. Admiram tudo que é fantasiosos e mentirosos, principalmente quando a fantasia parte dos seus eleitores, ou daqueles que ele considera lideranças, ou ainda de alguns que se dizem assessores e ainda mais quando estes sabem exercer o papel de puxa – saco, que pela frente é uma cara por trás a máscara cai e demonstra o quanto são falsos e mentirosos. Estes últimos são os mais perigosos, pois transpiram falsidade por todos os poros e, muitas vezes, transformam uma situação verdadeira em fatos mentirosos procurando tirar vantagem da situação.

Uma coisa aprendi: os nossos homens públicos não gostam e não aceitam pessoas ao seu lado que lhes mostre a verdade e os vejam como pessoas normais que deveriam ser, que mostre o caminho da correção e que sejam contra aqueles que tem deles se aproximado procurando se aproveitarem da sua “aparente ingenuidade” para os explorar, seja financeira, material ou politicamente. Com certeza este tipo de pessoas os nossos homens públicos, com raríssimas exceções, não querem ao seu lado, pois acreditam que eles nada tem a somar ou até mesmo como não estão ali parar massagear o seu ego, são menosprezados.
Gostam sim, de mentiras, bajuladores e de serem ludibriados.

Dificilmente encontraremos no ambiente político um meio salutar e rico, mais sim, um ambiente empobrecedor, onde pouco espaço é criado para a reflexão e o pensamento livre não floresce esmagado pelo joio da falsidade e da mentira que impera, não permitindo ou aceitando que a verdade prospere e as análises das situações político-sociais sejam vistos e analisados pelo ângulo e visão daqueles que estão ao seu lado para apenas e unicamente o agradarem. Os eternos bajuladores.

Diante desse quadro, observa-se que os agentes políticos de hoje, é um ser que não possui ou estabelece o mínimo critério nas suas relações pessoais, isso a minha vivência diária permite afirmar. Preferem se cercar de pessoas em sua grande maioria sem a mínima credibilidade, que não passam de meros aduladores e bajuladores, que se propõem exercerem unicamente o papel de covardes e traiçoeiros, como bons atores que são, agindo sempre por trás das cortinas, buscando a cada passo passar a rasteira naqueles que buscam qualquer aproximação. Enquanto isto menospreza aqueles que de forma sincera e honesta querem apenas o seu sucesso, pois estes, não se utilizam da mentira e ou da fantasia para os iludirem.

Diante destes fatos, é que assistimos administrações públicas do nível que a maioria dos Estados e Municípios possui, onde a mediocridade dos dirigentes é visível, porém, diante do seu relacionamento e com a convivência que procuram, atraindo para o seu lado aquelas pessoas que servem e vivem para ser subservientes e bajularem, estes nossos agentes procuram desprezar a inteligência e a cultura da sua população, já que vivem cercado de medíocres por todos os lados. Tal qual uma ilha.

Interessante observar os agentes políticos que normalmente se encontram cercados de subservientes, como sempre se considera ou acredita serem entes superiores, os únicos donos da verdade.
Ora, diante deste sistema de poder anárquico, onde aqueles que deveriam zelar pelo cumprimento das normas e leis vigentes são os primeiros a não segui-las, então eles consideram que tudo é possível. Tornam-se ainda piores, quando cercados de pessoas, que apenas para agradá-los e obter ganhos ou dividendos pessoais, não lhes questionam, muito pelo contrário, ao invés de lhes mostrar a verdade nua e crua, procuram inflar o seu ego, com servilismos e narrando fatos muitos mentirosos e fantasiosos, tentando transformá-los em “seres maravilhosos”, quase como príncipes dos contos de fadas ou seres de outro mundo. Isto ocorre pela frente, porém, na primeira esquina, como todas as pessoas falsas que buscam jogar uma contra as outras para obterem ganhos, são os primeiros a tecerem críticas, inclusive com adversários políticos.

Dificilmente encontramos sinais da inteligência em nossos agentes políticos que lhes dê condições e capacidade de saber diferenciar o que é verdade ou mentira. Sabemos que a verdadeira inteligência esta na capacidade da pessoa saber distinguir a realidade do sonho e da mentira. No entanto, o que se observa na nossa análise passa longe.

No entanto, todo aquele endeusamento cai por terra, assim que os “nossos líderes” estão fora do Poder ou mesmo quando saem da cena política. É quando se dão conta da realidade e vêem que são pessoas normais e sentem o quanto foram traídos pelos “falsos amigos” e como foram injustos com aqueles que honestamente queriam o seu sucesso.
Enquanto isto aqueles que viviam a lhe bajular logo estará à procura de outro ninho, para continuar a praticar as suas maldades.

Estes são os grandes equívocos praticados pelos agentes políticos, os quais não têm o discernimento necessário para entender o quanto estão sendo enganados e tratados por idiotas, por aqueles que estão na espreita de obter alguns dividendos, através das suas distorções da realidade e da verdade, cujas consequências, são erros políticos incalculáveis.

De fato, pensando bem, somos todos bastantes idiotas em querer acreditar e aguentar este estado de coisa que hoje existe e achar que tudo está indo bem e impávidos continuamos a seguir em frente, sem nenhum senso crítico a respeito da situação.
Realmente, estamos cercados de idiotas por todos os lados mesmo que sejamos ofendidos em nossa inteligência a todo momento.

Por Palavras de Sá

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Moradores reclamam de buracos nas ruas de Aquidabã

Na chuva, o asfalto de Aquidabã se dissolve igual a sal. E o tempo que a prefeitura precisa para dar jeito num buraco é o suficiente para outros tantos aparecerem. Basta dar um rápido passeio de carro pela cidade para perceber a quantidade de novas crateras que apareceram durante quase um mês de chuvas. 
 
A equipe do Sou de Sergipe tendo a frente o repórter comunitário e correspondente do nosso portal Gênison Bhalbyno percorreu algumas ruas do município para ver a situação das vias e conversar com os moradores sobre a situação do local onde eles vivem. Os lugares visitados foram às avenidas Paraguai e Ministra Leonor Barreto Franco, Rodovia governador Valadares o trecho urbano que liga Aquidabã/Graccho Cardoso. Em todos eles os moradores reclamaram da situação das ruas e cobraram melhorias.
Rodovia governador ValadaresA situação é ainda mais delicada na rodovia governador Valadares, onde muitos buracos com água acumulada dificultam a passagem de pedestres e principalmente veículos. Segundo alguns moradores, os motoristas são verdadeiros malabaristas e se arriscam na contra mão para desviarem dos buracos que podem provocar graves acidentes envolvendo cidadãos que passam pelo local.  Nossa equipe percorreu algumas ruas no centro da cidade e na Rua General Ademar Messias Aragão e encontrou um verdadeiro ‘queijo suíço’. Moradores relataram que depois das chuvas a situação piorou.
A prefeitura municipal em sua página no Facebook no dia 30 de julho relata que o prefeito José Carlos Dos Santos, diante das inúmeras dificuldades encontradas nestes seis meses de gestão, está trabalhando para cumprir as metas de seu plano de governo, e informa que em breve as ruas da cidade que se encontram em péssimas condições de tráfego serão asfaltadas e o objetivo é aproximadamente 9.000m de asfalto nas ruas da cidade mais até agora não a previsão alguma de quando as obras de recuperação das ruas sera feita.

A omissão do poder público na conservação de vias públicas pode resultar em indenização caso haja danos provocados por buracos A não conservação de via pública em razão da omissão ou descaso do poder público gera muitos transtornos e pode até provocar prejuízos materiais e causar ferimentos. Quando uma dessas situações acontece, o que fazer? Para esclarecer as dúvidas da população sobre direitos do cidadão, deveres do poder público e acerca das garantias individuais e coletivas consagradas pela Constituição.
Quem repara os danos?

Quem sofrer acidente nas vias urbanas ou rodovias por causa de um buraco tem direito a ser ressarcido ou indenizado pelo responsável. Por isso a vítima pode recorrer à Justiça. No caso do ajuizamento de um processo, são necessários alguns procedimentos: 1) Registrar boletim de ocorrência; 2) Reunir provas: fotos do buraco, do acidente e do veículo; 3) Conseguir testemunhas; 4) Realizar no mínimo três orçamentos do conserto do veículo; 5) Juntar recibos com gastos relativos à medicamento e atendimento médico (se for o caso)

O dever da administração pública indenizar o cidadão decorre da constatação de que o Poder Público poderia e tinha o dever de agir, mas foi omisso, e dessa omissão resultou o dano.
O §3º, do artigo 1º, do Código de Trânsito Brasileiro, determina: “Os órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito respondem, no âmbito das respectivas competências, objetivamente, por danos causados aos cidadãos em virtude de ação, omissão e manutenção de programas, projetos e serviços que garantam o exercício do direito do trânsito seguro.” O artigo 37, caput, da Constituição Federal determina: “A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, obedecerá aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:

O §6º, do inciso XXII: As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causem a terceiros, assegurando o direito de regresso contra o responsável nos casos de dolo ou culpa.”
Dessa forma, de acordo com o que dispõe a Constituição Federal, em caso de omissão a responsabilidade da Administração Pública está assentada na ocorrência de dois pressupostos: a falta do serviço que incumbia ao ente público realizar e a culpa por não haver realizado, sendo assim, demonstrando por meio de prova documental que os danos causados foram provocados por buraco, tem o cidadão direito à indenização. Vale lembrar que, se o buraco estava em área urbana, a ação deverá ser impetrada contra a prefeitura que é responsável pela conservação das vias urbanas. No caso de rodovias públicas, a ação será contra o responsável, que poderá ser o governo estadual ou federal. Já no caso das rodovias privatizadas, a ação deverá ser contra a concessionária.

Sessão da câmara de vereadores de Aquidabã é transmitida pela primeira vez pela rádio AquidabãFm 104.9

E na última quinta-feira 15, os vereadores de Aquidabã voltaram a se reunir após recesso para realizar sessões ordinárias, com discussões de matérias do interesse da coletividade.  Dando continuidade ao processo de transparência do Poder Legislativo, iniciaram-se  as transmissões das sessões pela rádio comunitária AquidabãFM 104.9, graças ao apelo popular e iniciativa do presidente da câmara, “Essa é uma atitude que a presidência tomou para aproximar o povo do poder legislativo, e concerteza já é um marco histórico na nossa cidade” disse o presidente Carlos Moura do PDT.

Rigley, ex-vereador do município e que acompanha de perto os trabalhos dos legisladores afirma que esse é um passo muito importante para que a população tenha conhecimento do que se passa na câmara, “...o povo das comunidades mais distantes da sede do município agora podem acompanhar confortavelmente em suas residências os trabalhos dos vereadores que os representa”.

Um fato curioso, dos 11 legisladores apenas 3 da oposição e o presidente da casa compareceram, todos que faltaram eram da bancada da situação ou seja do lado do gestor atual, causando assim várias indagações pela população em saber qual o motivo da falta destes vereadores em um momento tão importante para os municípis.


Vale lembrar que em 9 fevereiro de 2012 no colégio estadual Francisco Figueiredo, foi realizada a primeira Conferência Municipal sobre transparência e controle social de Aquidabã com o tema “A sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública”, onde na oportunidade foram apresentadas 30 propostas pela comunidade, entre elas a transmissão das sessões da câmara pela rádio comunitária local que obteve 55 votos favoráveis que  de acordo com pleito local apresentado foi à proposta mais bem classificado nesta  1ª Conferência Municipal de Transparência Pública e Controle Social de Aquidabã, reflete-se a importância da Rádio Comunitária de Aquidabã como um canal democrático,  aberto à participação com a interagilidade nas reivindicações, difusão de idéias, troca de experiências, aprendizado e aproximação das famílias Aquidabaenses, tendo como objetivo comum o desenvolvimento sustentável  do Município  de Aquidabã,  e o bem estar social  de todos os  habitantes.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Proprietários de motos com até 125cc já podem requerer isenção de IPVA

Os motociclistas sergipanos já podem usufruir da série de benefícios resultantes do pacote de medidas anunciado pelo governador Marcelo Déda no último mês de abril, onde se destacam a isenção total do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e taxas de licenciamento das motocicletas até 125 cilindradas a partir de 2013, e a anistia total dos débitos passados (não incluindo infrações de trânsito).

É que o Projeto de Lei encaminhado pelo Executivo já foi aprovado pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo governador em exercício, Jackson Barreto, originando a Lei Nº. 7,655, de 17 de junho de 2013, que estabelece nova disciplina para o IPVA no âmbito do Estado de Sergipe.
A medida deverá beneficiar 60% do total de motos existentes no estado, já que, das 209.819 motos cadastradas, 125.067 são de até 125 cc. Em 2012, os débitos referentes aos licenciamentos e impostos vencidos já chegavam ao montante de R$ 17, 4 milhões.

No ato em que assinou o projeto de lei a ser encaminhado à Alese, Déda disse ver a isenção do IPVA como uma medida que visa organizar cada vez mais o trânsito da capital e de todo o estado: “Essa ação visa oferecer condições de legalização das motos em todo o estado, já que, em muitos casos, são o único veículo da família e até a ferramenta de trabalho”, contextualizou o governador.
Também segundo Déda, as medidas representam uma resposta a uma demanda apresentada pelos motociclistas do interior que, em muitos casos, não tinham condições de legalizar suas motocicletas diante do alto valor das dívidas dos licenciamentos e impostos vencidos.

Parcelamento dos débitos do IPVA
Outra novidade da Lei Nº. 7,655 é a criação de um programa de parcelamento dos débitos do IPVA, válido para todos os veículos, oferecendo até 48 meses para pagar. Ela prevê a redução de 95% das multas e 80% dos juros para pagamento dos débitos anteriores à vista.
Para até 24 meses, são oferecidos descontos de 65% das multas por atraso e 50% dos juros. De 25 a 48 meses, são oferecidos a redução de 50% das multas por atraso e 40% dos juros. Estas medidas são válidas para débitos até 1º de janeiro de 2013, inscritos ou não na dívida ativa. Os débitos a vencer não são abrangidos.

Agência Sergipe de Notícias

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Polícia prende homem acusado de matar homossexual em Aquidabã

Na noite dessa segunda-feira (12)  policiais civis da Delegacia de Aquidabã, prenderam José Glauber Silva Alves dos Santos, o 'Rationay, 21 anos, apontado como um dos autores do latrocínio do homossexual conhecido por 'Fura Fila', crime ocorrido em abril deste ano. A prisão foi cumprida em virtude de mandado de prisão expedido pelo juiz de Direito da Comarca.
De acordo com o delegado Antônio Wellington, Rationay, na companhia de um menor de idade, assassinou mediante espancamento e enforcamento o homossexual 'Fura Fila'. Após o assassinato, os autores do crime roubaram objetos da casa da vítima e a quantia estimada de R$ 2 mil. O menor foi apreendido por policiais civis pouco depois do crime, mas Rationay conseguiu fugir.
Ainda de acordo com investigações, depois de passar um tempo fora de Aquidabã, Rationay retornou à sua terra natal e, a partir daí, em companhia de um novo comparsa, praticou diversos assaltos e furtos na cidade. Em depoimento, ele confessou diversos crimes, inclusive detalhes interessantes sobre a morte de Fura Fila, alegando que matou o homossexual em razão de a vítima exigir que o assassino fizesse sexo em troca de dinheiro.
Rationay confessou ainda que praticou dois assaltos à mão armada ocorridos nos últimos meses em Aquidabã. Um deles a um ônibus da Coopertalse, ocasião em que passageiros foram constrangidos mediante violência a entregar os bens que levavam na viagem. Ele praticou também dois assaltos à mão armada em padarias do município, ocasiões em que se utilizou de uma pistola para praticar o crime.
Com uma extensa ficha criminal, Rotionay confessou também a prática de diversos furtos em uma fábrica de coco da cidade, levando na ocasião notebooks, câmeras e inúmeros objetos de valor considerável. Com a prisão do suspeito, a polícia solicita que as vítimas de roubo de Aquidabã compareçam à delegacia, já que existe a suspeita que ele tenha praticado outros crimes.
Por: - SSP/SE

Câmara de Aquidabã, visita o Interlegis em Brasília

Na quinta-feira 8/8, o presidente da Câmara Municipal de Aquidabã-SE, Carlos André de Moura, o técnico em administração, Levison Pereira dos Santos e o secretário em administração e finanças, Juan Alves de Jesus estiveram em Brasília com o diretor do ILB, Helder Rebouças; a coordenadora de Formação e Atendimento à Comunidade do Legislativo, Ilana Trombka e o coordenador de Planejamento e Fomento Araújo Júnior, com objetivo de conhecer melhor os programas oferecidos pelo Interlegis.
Carlos André, vereador de primeiro mandato, explicou que viu a necessidade de vir pessoalmente à sede do Programa para melhor entender o que o Interlegis faz em prol da modernização das Câmaras Municipais.

Na visita eles receberam a proposta de realização de oficinas na cidade, que atenderão também outros municípios, para capacitação dos servidores da Casa. Além disso, segundo Araújo Júnior “com a contratação de consultores para revisão de Regimento Interno e Lei Orgânica das Câmaras conveniadas pelo Interlegis, a cidade de Aquidabã também será beneficiada”, disse.
O Presidente Carlos considerou a visita bem sucedida e e disse que voltaria para sua cidade com muitas informações e projetos. “Saio daqui muito feliz pela recepção e pelo suporte que o Interlegis dará para minha Câmara, isso é muito motivador”, afirmou.


Fonte: INTERLEGIS

terça-feira, 6 de agosto de 2013

TCE multa ex-prefeito de Aquidabã Eurico de Souza Filho por irregularidades em despesas realizadas com recursos do Fundef

Na sessão da Primeira Câmara ocorrida na manhã desta terça-feira, 06, o Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) julgou pela irregularidade do período auditado de março a junho de 2006, da Prefeitura Municipal de Aquidabã, determinando ao município a restituição ao Fundeb (substituto do antigo Fundef) no montante de R$52.443,90, corrigido monetariamente, bem como condenando o ex-prefeito Eurico de Souza Filho ao pagamento de multa no valor de R$ 2mil.
A decisão do colegiado seguiu o voto do relator, o conselheiro-substituto Francisco Evanildo de Carvalho, que levou em consideração irregularidades constatadas pela equipe técnica da Casa e não sanadas pelas justificativas do gestor responsável.

Entre elas, a realização de despesas com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) em desacordo com a Resolução TCE 2009/2001, violando os princípios da legalidade e da razoabilidade, no importe de R$52.443,90. No processo consta que, desse montante, R$ 18.443,90 foram destinados a pagamentos de despesas diversas, levando prejuízo ao Fundo, e R$ 34.000,00 foram transferidos do Fundef para a conta do FPM sem a devida justificativa.
O relatório destaca também a realização de licitações em desacordo com a legislação vigente; a não apresentação dos Relatórios de Controle Interno; a aquisição de materiais para construção no valor de R$8.692,72, por dispensabilidade de licitação, acima do limite estabelecido; e a contratação de pessoal para manutenção do PSF como prestadores de serviços, em desacordo com a Lei Municipal nº 15/2005.
Ao se manifestar por meio de parecer, o representante do Ministério Público Especial, o subprocurador Eduardo Santos Rolemberg Côrtes, também opinou pela irregularidade das contas no período.
O julgamento prevê ainda a remessa de cópia da decisão ao Ministério Público Estadual para apuração de eventual improbidade administrativa.

Fonte: SE noticias

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Parabéns a nova diretoria do grêmio estudantil "David de Jesus Lima".

Hoje à tarde, tomaram posse no colégio "Francisco Figueiredo", com a presença dos diretores da Uses ParaTodos(união sergipana de estudantes secundaristas) a nova diretoria gremista comandada pelo presidente Alberto Veloso Santos e vice-presidente Luciano Andrade com a secretária geral com Elias Lima de Oliveira entre outros diretores.

Parabenizo os mesmos pela belíssima homenagem feita ao filho do saudoso professor Gilson que faleceu a poucos dias e desejo muito boa sorte a esses guerreiros que entraram na briga desde do começo do ano fazendo manifestações em busca de uma escola melhor.